sexta-feira, 19 de março de 2010

ADORAÇÃO – Um estilo de vida.

I. INTRODUÇÃO

Todo ser humano tem essa necessidade de adorar algo ou alguém, pois Deus nos criou com essa necessidade. Existe um vazio dentro de cada um no qual somente Deus pode preencher, mas quando a pessoa não adora a Deus, ela busca algo ou alguém para adorar.

Deus procura uma adoração aceitável, verdadeira, espiritual e, se vamos adorá-lo, é preciso que entendamos o que é adoração.

A. SIGNIFICADO

Adorar significa “prestar homenagem, honra, reverência, respeito, adoração, louvor, glória a um ser superior”. A palavra comum Novo Testamento para a adoração é proskuneo, que significa "beijar na direção, para beijar a mão, para curvar-se, de prostrar-se.".

Em essência o culto é para DAR honra e respeito a Deus. E não ao pregador ou ao grupo de louvor, pois o sermão e a música são apenas estímulos para criar o desejo em nossos corações, para adorá-LO.


II. A importância da Adoração -

A. Escritura é dominada por Ela

A razão porque a adoração é importante é porque a Bíblia fala frequentemente dela. A palavra de Deus enfatiza a adoração centenas de vezes, mas vejamos apenas algumas tanto no Velho como no Novo Testamento:

 
1- Ex 20: 1-6 – O primeiro mandamento. O primeiro mandamento, então, é para adorar a Deus e somente Deus. (cf. Êx. 34:14, Matt. 22: 37).

2- Ex 25 – Criação do tabernáculo
Quando Deus chamou o Seu povo do Egito e começaram a vaguear no deserto, Ele queria que eles se concentrassem em adorá-lo, ele estabeleceu um local de culto, o Tabernáculo.

3- Is 6: 1-6 – A visão de Isaías

4- Sl 95: 6-7 - Este é apenas um dos Salmos, como muitos que nos exortam a adoração; (cf. 5:7, 29:2, 45:11, 66:4, 86:9, 96:9, 99:5, 9; 132:7; 138:2).

5- Rm 12: 1-2 - Culto Racional - Nos primeiros onze capítulos de Romanos, Paulo fala sobre o maravilhoso evangelho do Senhor Jesus Cristo, seu propósito redentor, e sua misericórdia sobre o homem pecador. Então ele diz: "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus [todas as verdades dos primeiros onze capítulos] que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo agradável a Deus, que é o vosso culto racional [lit. «culto espiritual ']" (v.1).

6- Ap 4 e 5 – Visão do apóstolo João. A adoração no céu diante do trono, na forma mais pura.

A adoração está presente em toda a Bíblia, de Gênenis a Apocalipse.

III. Adoração Verdadeira - Jo 4: 1-24

Aqui temos Jesus com a mulher Samaritana. A mulher Samaritana fala de coisas físicas e Jesus de coisas espirituais(vv 10-18), no decorrer da conversa Jesus toca na ferida dela, o pecado, até que ela reconhece que Ele é profeta (vv 19), reconhece o seu pecado, e começa a falar de adoração. Então Jesus explica como deve ser a verdadeira adoração que Deus deseja, em Espírito e em Verdade.

1. Arrependimento

Precisamos sempre reconhecer os nossos pecados, confessá-los de modo sincero, fazendo isso a conseqüência é o desejo de adorar a Deus.

John Stott que escreveu no livro “A cruz de Cristo” que “antes de gritarmos um confiante ‘Aleluia!’, é necessário que clamemos humildemente ‘Ai de mim! Estou perdido!’”.

A adoração é tão importante que Deus é aquele que procura os adoradores. (vv 23)

2. Verdadeiros Adoradores

Mas quem são os verdadeiros adoradores??

São os salvos em Cristo, os eleitos, somente estes podem adorá-lo verdadeiramente. Cristo morreu para nos salvar e nos tornar verdadeiros adoradores. O que nos leva de um adorador inaceitável para um adorador aceitável é a salvação. Salvação em Jesus Cristo.

Mas antes de nos tornamos verdadeiros adoradores, precisamos reconhecer quem Deus é ( Santo, Justo, Perfeito, Onipotente, Onisciente, Onipresente,...) e quem nós somos ( pecadores, perdidos, imperfeitos,...).

Quando somos salvos o Espírito Santo passa a habitar em nós, somente através Dele é que podemos adorar a Deus em Espírito. Pois Deus é Espírito e importa que seus adoradores o adorem em Espírito e em Verdade(Jo 4:24)

3. Conhecimento

A nossa adoração é diretamente proporcional ao nosso conhecimento de Deus. Jesus falou a mulher Samaritana sobre o conhecimento de Deus. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.(vv 22)

Se tivermos uma compreensão limitada de Deus, então temos uma capacidade limitada de atribuir o valor devido que Ele merece. Agora, Se tivermos uma rica compreensão da natureza, do caráter, dos atributos de Deus, então teremos a capacidade de atribuir a ele uma adoração aceitável, que Lhe agrade.

Calvino diz: A verdadeira adoração deve ser baseada no verdadeiro conhecimento de Deus. E é necessário sempre começar com este princípio — conhecer a Deus a quem adoramos.

O Apóstolo Paulo perseguia os cristãos em nome de Deus, porque ele não conhecia verdadeiramente o Deus, a quem ele adorava. Mas quando ele passou a conhecer a Deus e explicá-lo aos Romanos, ele adora dizendo:

“Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria, como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos e quão inescrutáveis os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro lhe deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele e por meio dele e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente.” (Romanos 11:33-36)

Como Aprendemos, e conhecemos mais sobre Deus?

Conhecemos a Deus estudando a Sua Palavra. Deus se revela através dela, somente pela Sua palavra que descobrimos qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12:2). É através dela que nos tornamos habilitados para fazer obra de Deus. (II Tm 3:16-17), e é nosso dever manejar bem a palavra de Deus (II Timóteo 2:15).

A palavra de Deus deve habitar ricamente em nossos corações, para que possamos nos encher do Espírito de Deus. Para ser cheio do Espírito Santo, para ser controlado pelo Espírito significa estar consciente do que diz a Palavra e ser obediente a Ele. (Ef 5:18-9 ; Cl 3:16)

A Adoração a Deus dever em Verdade, de acordo com a Sua palavra, pois a palavra de Deus é a verdade (Jo 17:17).

IV. Uma vida de adoração - I Co 10:31

A principal razão de que nós fomos redimidos é adorar a Deus, e a adoração a Deus deve ser a nossa prioridade. Como texto de I Co 10:31 diz : “quer comais, quer bebais ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo pra a glória de Deus”.

Uma pergunta: Quando estamos nos vestindo, ou quando estamos a caminho da igreja, o nosso coração está ansioso para adorar a Deus?

Adorar a Deus de maneira bíblica é reconhecermos que Jesus é o Senhor das nossas vidas e que temos de servi-Lo sempre.

A nossa adoração não deve ser só em palavras (Mt 14:8), mas com a nossa maneira de viver. Seja em casa, no trabalho, na escola, não importa o lugar devemos sempre adorar ao Senhor, e viver de modo digno da nossa vocação (Ef 4:1). Era assim que a igreja primitiva viva (At. 2:42-47)

Uma maneira de viver que não só se manifesta uma santidade pessoal, mas estende-se no amor dos irmãos, na proclamação para o perdido. Isso também é adoração (Hb 13:15-16).

Estamos adorando a Deus:

 
1. No devocional;

2. Na oração;

3. No evangelismo;

4. No serviço na igreja;

5. Na busca por santidade;

6. Nos Louvores;

7. Quando não chegamos atrasados no culto;

8. Etc.

E devemos fazer tudo isso com o coração sincero independente das circunstâncias.

Temos o exemplo de Jó que mesmo depois de perder seus filhos e tudo ele adorou a Deus. Paulo escreveu a epístola aos Filipenses preso, e ela é chamada a epístola da Alegria. Ele não olhou para circunstancia para adorar ao senhor e incentivar aos irmãos se alegrarem sempre no Senhor(Fl. 4:4). Davi em vários Salmos adora a Deus em meio às perseguições.



V. Conclusão

Vimos neste estudo a importância da adoração, a adoração que Deus deseja e que ela dever ser a nossa prioridade, não só de boca, mas de vida.

A nossa adoração deve ser verdadeira, isto é, sem mentiras e falsidade, pois o Espírito de Deus é o Espírito da verdade (Jo 14:17), e para que Ele aceite o sacrifício do nosso louvor e a nossa adoração , Ele tem que encontrar a verdade em nossa vida. Precisamos lembrar que Deus é um Ser vivo, real, sábio e conhecedor do coração humano. Aqueles que querem adorá-Lo devem fazê-lo em Espírito e em Verdade, porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. (Jo 4.24).

Que tenhamos essas verdades em nossas mentes e ofereçamos sempre uma verdadeira adoração, de todo coração, ao nosso grande Deus em todos os dias das nossas vidas.

Servindo com alegria,

Henrique Prudêncio.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário.

  ©Template by Dicas Blogger.