segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Como confrontar uns aos outros em amor.


Como confrontar uns aos outros em amor¹.

Texto Mt 18: 15-17

A importância da confrontação em amor descrita nesse texto precisa ser ensinada, aprendida e enfatizada sempre. A principal preocupação que Jesus tem por seu Corpo é a pureza (Ef 5:25-27) e a unidade(Jo 17), pois, o que pode comprometer essa pureza e união é o pecado e o conflito.

Problemas nunca serão resolvidos se os ignorarmos. Muitas vezes o tempo só faz piorar a situação. Se dissermos que o tempo cura todas as feridas, é uma grande mentira, pois o tempo não pode curar feridas espirituais, mas somente a confrontação bíblica pode realizar tal cura.

O Senhor Jesus afirma nessa passagem que a solução para o pecado  o conflito no Corpo é a confrontação. Podemos até achar que a confrontação seja uma atitude repulsiva porque é feita sem amor, mas pelo o contrário, a Confrontação é uma das maneiras mais completas pela qual podemos demonstrar AMOR pelos outros.  Ignorar o pecado no Corpo de Cristo é sempre o caminho mais fácil, mas demonstra uma atitude egoísta, mas se realmente nos importamos pela saúde do Corpo gastaremos o nosso tempo, energia.

Vejamos alguns exemplos que expressa a relação AMOR X CONFRONTAÇÃO:
  • Sl 141.5
  • Pv 9.8
  • Pv 27.5,6
  • Hb 12.5,6

A confrontação não só beneficia o confrontado, mas também aquele que confronta.  Se confrontarmos algum irmão, recebemos a benção e recompensa de agradarmos a Deus pela obediência. Essa ordem de admoestar ou repreender os outros é expressa em vários textos do NT: Rm 15.14; I Co 5; Ef 4.29; 5.11; 6.4; I Ts 5.14; II Ts 3.6-15; I Tm 5.1,2, 20; II Tm 2.14, 25; 4.2; Tt 3.10,11; Hb 3.13; Tg 5.19,20 e II Jo 9-11.

Sendo assim, a confrontação amorosa é FUNDAMENTAL na vida da igreja e ser exortado e exortar deve fazer parte da natureza de cada membro. Mas ela dever ser feita de um modo sábio, pois a confrontação feita de maneira errada faz é agravar o problema em vez de resolvê-lo. Por isso, precisamos estudar de maneira cuidadosa o que realmente Jesus disse nessa passagem.

I) Você é o Tutor do seu irmão

Nesse versículo Jesus usa a primeira pessoa do singular para indicar que cada membro é responsável pela resolução do problema (pecado ou conflito). Deus espera que cada um de nós seja uma sentinela que exorta os irmãos sobre o perigo iminente ( Ez 3.16-21).
II) Quem devemos confrontar?

Jesus fala que devemos confrontar um IRMÂO, aquele que professa ser um crente. I Jo 3.14,15;

III) Que tipo de pecado devemos confrontar?

 Devemos confrontar qualquer ação que é proibida nas Escrituras e que não pode ser ignorada

IV) Como devemos confrontar alguém?

  1. Sem demora
  2. Com um propósito
  3. Verbalmente
  4. Em Particular
  5. Com Relutância
  6. Com Compaixão
  7. Com Brandura
  8. Com humildade
  9. Com Cuidado
  10. Com Oração

V) Por que devemos confrontar

O objetivo da confrontação bíblica é sempre a restauração do ofensor. Com isso ele volta à vida de santidade e a reconciliação com os outros.

¹Resusmo do Cap 8 do livro A vida na casa do Pai,Wayne A. Mack - David Swavely, Ed. Cultura Cristã 

Servindo com Alegria, 

Henrique Prudêncio

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário.

  ©Template by Dicas Blogger.