segunda-feira, 7 de agosto de 2017

A PALAVRA DE DEUS EM NOSSO CORAÇÃO


Orientações do Salmo 119 para conservação do nosso coração

                Na Bíblia, a palavra coração se refere àquilo que somos interiormente, a nossa alma, nossa identidade moral e espiritual. Podemos dizer que o termo coração fala da essência do nosso ser: vontade, intelecto e emoção.
            Ao mesmo tempo, porém, que o coração nos define, ele também pode ser trabalhado, como se fosse algo externo a nós. De fato, a Bíblia nos ordena a domar o nosso coração; incliná-lo para o bem; guardá-lo do mal, pois dele procede tudo o que determina a nossa vida (Pv. 4.23); mantê-lo sob estrita vigilância, não deixá-lo à vontade, pois ele foi afetado pela corrupção do pecado, tendo em terrível afeição ao que é impuro (Jr. 17.9-10). Isso significa que devemos examinar o nosso ser interior a fim de não sermos induzidos na avalanche do mal que nos rodeia. O problema é: que tipo de instrumento poderemos usar para sondar o nosso coração, para avaliar o nosso homem interior, identificando todas as manchas do pecado que nos tiram a sensibilidade espiritual? A resposta é: A infalível e penetrante Palavra de Deus, única que tem o poder de Deus e apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração (Hb. 4.12).
            Pesando nisso, vale à pena lembra como o salmista no Salmo 119 traça a relação entre a Lei do Senhor. Vejamos alguns versículos onde o coração é explicitamente mencionado.Com esses versículos podemos responder à seguinte pergunta: “Como será o coração que está perto da Palavra de Deus?”.
·         v. 2 – Será um coração feliz por conhecer a Deus

Aqui a expressão “buscar de todo coração” significa desejar ou ansiar. Como no Sl. 63 é uma busca ansiosa. Mas essa busca por Deus está diretamente ligada com o conhecimento da Palavra de Deus. 

A promessa de contentamento e plenitude está ligada à firme determinação de buscarmos ao Senhor de todo nosso coração. Esse compromisso ‘de todo coração’ aparece ainda nos versos 7, 10, 11, 32, 36, 58, 69, 70, 80, 111, 112, 145, 161.

·         v. 7 – Será um coração grato pelo conhecimento da Palavra
O contentamento que recebemos pela Palavra vai nos motivar à gratidão ao Deus da Palavra. Não será a causa da nossa ingratidão o pouco contato com a Palavra de Deus?
·         v. 10 – Será um  coração que teme se desviar da Palavra
O salmista pede ao Senhor que mantenha seu coração ligado à Palavra. Ele tem experimentado com todo o seu ser o valor e os benefícios da Lei do Senhor e teme se apartar deles, para não se tornar semelhante a um arbusto solitário no deserto (Jr. 17.5-6).
·         v. 11 – Será um coração santificado pela Palavra de Deus

Se o nosso coração estiver cheio da Palavra, não haverá nele espaço para o a contaminação do pecado que tenazmente nos assedia (Mc. 7.21-23).

·         v.32 – Será um coração que obedece alegremente

à media que temos contato com a Palavra o Senhor desperta o nossos coração para o valor dos Seus Decretos. Com esse entendimento, nosso coração seguirá alegre os caminhos que o Senhor nos apontará. A obra que a Palavra de Deus fará em nós seráde incomparável eficácia.

·         v. 58 – Será um coração ansioso pela graça de Deus

Depois de conhecer verdadeiramente o valor da Palavra, o nosso coração não vai esquecer as Suas promessas. Quando nos afastarmos por alguma razão, nossa sentirá falta da riqueza e deleite que temos na Palavra de Deus.

·         v. 69 – Será um coração resistente às armadilhas dos pecadores

A intimidade com a Palavra nos livrará do desânimo que brota da falsidade dos pecadores. Protegidos pelo conhecimento da Verdade, não temeremos os inimigos que se levantarem contra nós (Sl. 119.161)

·         v. 111 – Será um coração satisfeito com o tesouro da Palavra
Para o coração que medita na Palavra não haverá o perigo de invejar a prosperidade dos maus, pois tem nos Decretos de Deus a Sua maior riqueza (127).


Diante da descrição dos efeitos da Palavra em nosso coração, nossa determinação interna deve ser semelhante à do Salmista que se esforçava para manter seu coração sob os Preceitos do Senhor... “Induzo o coração a guardar os teus decretos, para sempre, até o fim” (112).

Read more...

  ©Template by Dicas Blogger.