sábado, 1 de outubro de 2011

A principal missão da igreja


               
Se eu perguntasse qual seria o principal papel da igreja, talvez alguns responderiam que seria a comunhão, outros o louvor, e outros a edificação. A comunhão, ensino e louvor são importantes, mas o motivo principal da igreja é glorificar a Deus. O apóstolo Paulo descreve a salvação como sendo "para o louvor da glória da sua graça" e, em seguida, declarou: "A ele seja a glória, na igreja" ( Ef 1:6. ; 3:21 ).
O próprio Jesus veio para revelar a glória do Pai.  Em João 1:14 ensina que Cristo era a glória de Deus manifestada. Hebreus 1:3 declara que Cristo é "a expressão exata do ser de Deus." Como nosso Salvador, nós também somos para glória de Deus.
Deus deseja que os perdidos sejam salvos, pois assim Ele é mesmo glorificado. Ele mesmo demonstrou o seu a amor pelos perdidos quando nos enviou o seu filho, Jesus Cristo.
Como Deus demonstra esse amor através de Jesus Cristo? Esse amor é demonstrado quando vemos:
I - A iniciativa de Deus para salvar
O pecado de Adão trouxe a morte para a raça humana. Imediatamente, Deus começou a redimir o homem de volta para Si. Foi Deus que veio ao jardim e disse: "Adão ... Onde estás?" ( Gn. 3:09 ). É Deus quem inicia a obra de salvação. Caído, o homem não redimido não buscam a Deus ( Rm. 3:11-12 ). Deus é o buscador.
 II- O desejo de Deus para salvar
A partir da primeira chamada, "Adão ... Onde estás?" ( Gen. 3:09 ) para a última chamada, "O Espírito e a noiva dizem: Vem" ( Ap 22:17 ) Deus deseja para redimir o homem caído para si mesmo. Ele é glorificado quando os pecadores são salvos.
As Escrituras afirmam que "Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo " ( 2 Co. 5:19 ). Deus invadiu a história humana e se tornou um homem para fazer o que era o supremo desejo do Seu coração: glorificar a Si mesmo pela redenção dos homens e mulheres pecadores. 
III - A promessa de Deus para salvar
Deus disse a Abraão: "Por ti todas as famílias da terra serão abençoadas" ( Gn 12:3 ). Desde o início, Deus quis resgatar todas as famílias da terra. Nunca foi sua intenção de selecionar e isolar Israel como se fosse a única nação que Ele se preocupava. Israel foi o povo missionário através de quem Deus desejava para alcançar o mundo. É por isso que Ele disse a Israel: " te dei como luz os gentios, para seres minha salvação até à extremidade da terra" ( Is. 49:6 ).
Deus amou um mundo perdido e procurou ganhá-lo para Sua própria glória. Cristo veio ao mundo por amor e tentou conquistá-lo para a glória do Pai. Crentes também devem ir para o mundo no amor e procurar alcançá-lo para a glória de Deus. A Missão da Igreja é a mesma de Deus.
Jesus disse: "Esta é a vida eterna: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu te glorifiquei na terra" ( João 17:3-4 ). Reconciliando o homem com Deus é a melhor maneira de glorificar a Deus. Essa é a razão porque Cristo veio ( Lucas 19:10 ). Os crentes são uma extensão do ministério de Deus Pai e de Deus Filho em receber a glória pela salvação dos pecadores perdidos: "Como tu me enviaste ao mundo, assim também eu os enviei ao mundo" ( João 17:18 ). Como o Pai enviou o Filho ao mundo não redimido, o Filho enviou os crentes. 
CONCLUSÃO
Deus deseja um coração que esteja disponível para ouvir suas ordens. Ele também deseja a verdadeira adoração.  O caminho e a mente de todo crente deve ser definido em Cristo. Todos os seus objetivos devem estar voltados para ele. Ele é o seu tudo.
E Você? Está disponível? Você é um adorador? É sua intenção e propósito na vida focar na Pessoa de Cristo? Tendo essas atitudes significa ser controlado pelo Espírito Santo, que é o único que pode fazer com que você chame Jesus de Senhor (1 Cor. 12:3). Todos os nossos bens, tempo, talento, energia, e os dons são para estar sob Seu controle. Significa também estar centrado na Palavra, porque a Palavra é o lugar onde Cristo é visto. Você contempla a Sua glória na Palavra.
O final de Mateus resume tudo dito anteriormente no evangelho. Como Cristo veio ao mundo para dar Sua vida para trazer as pessoas para si mesmo, de modo que o crente deve fazer o mesmo. (Mt 28.18-20)
Servindo com Alegria,
Henrique Prudêncio.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário.

  ©Template by Dicas Blogger.